MEI representa 73% dos pequenos negócios que abriram de janeiro a junho em MT

MEI representa 73% dos pequenos negócios que abriram de janeiro a junho em MT

O Microempreendedor Individual lidera a taxa de abertura de empresas em Mato Grosso em 2024. De janeiro a junho, foram registrados 33.453 novos MEIs no estado, representando 73% do total dos pequenos negócios (45.771), seguidos pelos microempreendedores (9.156) e pelas Empresas de Pequeno Porte (3.162). O levantamento foi realizado pelo Sebrae/MT (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Mato Grosso) com dados da Receita Federal do Brasil.

A atuação do Sebrae Mato Grosso tem promovido o protagonismo dos pequenos negócios para o fortalecimento da economia nacional e internacional com 336.594 atendimentos realizados no estado e deste total mais de 55 mil pequenos negócios atendidos. Nesta quinta-feira, 27 de junho, em que celebra-se o Dia Internacional das Micro, Pequenas e Médias Empresas, a Superintendente do Sebrae/MT ressalta a atuação da instituição para fortalecer e apoiar o pequeno negócio.

“Hoje celebramos o Dia Internacional das Micro, Pequenas e Médias Empresas, uma data que destaca a importância desses negócios para a economia global. Em Mato Grosso, temos visto um crescimento significativo no número de microempreendedores individuais, que lideram a taxa de abertura de empresas no estado. O Sebrae tem sido fundamental nesse processo, oferecendo apoio e capacitação para que esses empreendedores possam prosperar”, ressalta a Diretora Superintendente do Sebrae/MT, Lélia Brun.

As micro e pequenas empresas são o coração da economia, representando 89,4% do universo empresarial de Mato Grosso. Além de gerar emprego e renda, impulsiona a inovação e o desenvolvimento local. O crescimento de 12,7% no número de empresas nos últimos dois anos é um testemunho da resiliência e da determinação dos empreendedores.

Determinação e dedicação

Bianca Bianchinni e Ana Júlia Cardoso fazem parte do setor de Comércio com a loja de joias em prata. Foto: Divulgação/ArquivoPessoal

As jovens empreendedoras Bianca Galvão Bianchini e Ana Julia Cardoso da Silva, 20 e 21 anos, iniciaram a empreender com a venda de joias em prata online. Com coragem e muita sede de conhecimento, ambas imergiram no mundo do empreendedorismo e estão em busca da formalização para continuar a expandir o negócio.

“Eu já participei do Empretec [maior programa de formação de empreendedores do mundo] que me ajudou a entender como funciona a mente de um empreendedor, no que focar, nas atitudes e a melhor forma de lidar com o próprio negócio. Foi uma experiência muito boa que me abriu muito a mente, além de todo o networking”, afirma Bianca, que já pensa em expandir a “loja” das redes sociais para abrir um site. “Nós estamos trabalhando para lançar o nosso site e também em busca de fornecedores de qualidade para oferecer outro tipo de joia”, completou.

Dados relevantes

Em Mato Grosso, existem 482.257 empresas ativas, das quais 227.772 são MEIs (47,2%), 162.266 são Microempresas (33,6%) e 41.027 são Empresas de Pequeno Porte (8,5%). Entre os setores de maiores destaques estão: Serviços, representando 47,1% das empresas, seguido pelo Comércio (31,7%), Construção Civil (10,06%), Indústria (8,95%) e Agropecuária (2,11%).

Instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2017, a data se une a outras comemorações no calendário, como o Dia Nacional das Micro e Pequenas Empresas, celebrado em 5 de outubro, para lembrar a relevância das MPMEs no Brasil.

“Neste dia, reforçamos nosso compromisso de continuar apoiando os pequenos negócios, que são essenciais para o fortalecimento da nossa economia. Parabenizamos todos as micro e pequenas empresas pelo seu papel crucial no desenvolvimento econômico e social do nosso estado e do nosso país”, completa Lélia Brun.